Reparo Valvar Tricúspide

Abordagem transcateter

Quem acompanha de perto nossas publicações já está inteirado sobre as discussões acerca da valva tricúspide, o momento certo de intervir e quando devemos apenas acompanhar, com o que temos até o momento de evidências.

No entanto, também estamos acompanhando uma série de desenvolvimento de tecnologias para uma abordagem transcateter da valva tricúspide que podem mudar completamente as indicações num futuro bem próximo.

Para entendermos melhor isso precisamos acompanhar e analisar como os diversos dispositivos são usados e, mais ainda, como os pacientes se comportam e as repercussões que o tratamento causa.

Atualmente, no acompanhamento de até 1 ano, temos que a abordagem percutânea da valva tricúspide é segura com os dispositivos atuais e leva a uma melhora dos sintomas. Também foi visto que não houve incremento da função sistólica, mas os diâmetros anulares costumam se reduzir.

Embora a comparação da grande maioria dos trabalhos nessa área seja com indivíduos de alto risco cirúrgico e que seriam conduzidos de forma conservadora, podemos encontrar algum benefício na avaliação clínico-funcional desses indivíduos.

Outro ponto que merece debate é que analisar de forma global todos os dispositivos pode subestimar o resultado, visto que cada modelo de tratamento tem uma forma de atuar e, provavelmente, com uma coorte selecionada de acordo com o mecanismo da lesão, poderíamos encontrar resultados ainda melhores.

A grande maioria das publicações trata do uso do MitraClip, mas dispositivos que atuam no anel tricúspide merecem espaço e melhores análises, visto ter aplicabilidade clínica adequada em dilatações do anel tricuspídeo.

De forma prática, hoje temos um futuro otimista pela frente. Aparentemente os resultados são bons até nas fases iniciais do desenvolvimento dos dispositivos. Cabe agora à ciência, estratificar melhor, indicar precisamente e acompanhar no longo prazo esses indivíduos.

Literatura Sugerida:

1 – Montalto C, Sticchi A, Crimi G, et al. Functional and Echocardiographic Improvement After Transcatheter Repair for Tricuspid Regurgitation: A Systematic Review and Pooled Analysis. JACC Cardiovasc Interv. 2020 Dec 14;13(23):2719-2729.


 Baixar Artigo 

Deixe um Comentário

Privacidade e cookies: Este site usa cookies. Ao continuar no site você concorda com o seu uso. Para saber mais, inclusive como controlar cookies, veja aqui: Política de cookie

As configurações de cookies deste site estão definidas para "permitir cookies" para oferecer a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar as configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, estará concordando com isso.

Fechar