Ventrículo direito no TAVR

Fator prognóstico

Com a expansão da indicação de correção da estenose aórtica transcateter, inclusive para pacientes de baixo risco cirúrgico, a busca por critérios que melhor estratifiquem o paciente tem sido incessante. É sabido que alguns desses indivíduos evoluem para desfechos negativos num curto espaço de tempo e entender melhor a causa poderia evitar tratamentos fúteis ou até mesmo propiciar alguma possibilidade para prevenção.

O estudo da estenose aórtica vem crescendo e recentemente houve a publicação da classificação de Genereaux que trata como doença avançada, aquela estenose aórtica que apresenta repercussão hemodinâmica no lado direito do coração. Pacientes com disfunção sistólica do ventrículo direito tem prognóstico pior do que aqueles em que a repercussão se limita ao ventrículo esquerdo.

Antes da disfunção sistólica do ventrículo direito, o mesmo apresenta elevação de suas dimensões secundário a uma dilatação por elevação das pressões de enchimento. A razão para isso? A situação de pós-carga elevada com o aumento da pressão diastólica final do ventrículo esquerdo que, retrogradamente eleva as pressões do lado direito do coração.

Como a tomografia computadorizada é exame obrigatório para a realização do TAVR, podemos avaliar as dimensões do ventrículo direito com maior definição espacial do que a ecocardiografia tradicional. Casos de dilatação comprovada da cavidade, apresentam uma evolução pior no longo prazo, mesmo após ajuste estatístico de hipertensão arterial pulmonar. Esses dados foram, inclusive, indexados para superfície corporal, o que anula parte do viés comparativo entre homens e mulheres, visto homens terem corações com dimensões maiores.

No entanto, carecemos de uma padronização dos aplicativos destinados a mensuração das dimensões ventriculares, como eixo adequado e momento exato do ciclo cardíaco. Após essa validação, é bem possível que a análise minuciosa do ventrículo direito possa trazer dados valiosos sobre o prognóstico do paciente que é candidato ao tratamento com TAVR.

Literatura recomendada
1- Rozenbaum Z, Maret E, Lax L, et al. Increased mortality among patients with higher right ventricular volumes: Volumetric analysis of pre-trans-catheter aortic valve replacement CT Angiography. EuroIntervention. 2019 Oct 1.


Baixar Artigo

Privacidade e cookies: Este site usa cookies. Ao continuar no site você concorda com o seu uso. Para saber mais, inclusive como controlar cookies, veja aqui: Política de cookie

As configurações de cookies deste site estão definidas para "permitir cookies" para oferecer a melhor experiência de navegação possível. Se você continuar a usar este site sem alterar as configurações de cookies ou clicar em "Aceitar" abaixo, estará concordando com isso.

Fechar